Execução de Aterros

Podemos definir Aterro como o depósito de materiais (terra) em terrenos que apresentam depressões, crateras ou simplesmente áreas com nível abaixo do indicado no projeto de construção ou projeto de terraplenagem afim de torná-lo mais alto ou simplesmente plano. A terra usada pode vir da escavação de pontos mais elevados do próprio terreno ou do fornecimento de terra para aterro proveniente de outro terreno.
A realização e execução de aterro com ou sem compactação de solo é uma das especialidades da Wande Terraplanagem.
Sempre que houver necessidade de aterrar, observe as seguintes questões e tome suas devidas precauções:
- Obter autorizações legais: Quando existir nascentes ou até mesmo a presença de córregos no local, deve-se comunicar com antecedência os órgãos responsáveis e as exigências deverão ser cumpridas a risca.
- Remover vegetação: Antes de começar a aterrar, é necessário limpar o terreno, removendo a vegetação (como árvores, mato, raízes de grande porte, etc) evitando:
Instabilidades em pisos e contra pisos após decomposição da vegetação causando trincas e rachaduras na construção;
- Existência de problemas na escavação de fundações (baldrame, brocas, estacas) após o aterro;
- Surgimento de pragas e insetos como cupins que se alimentam da vegetação em decomposição e escorpiões.

Canalização e Muros: É essencial realizar um estudo das fontes de água presentes no terreno, fluviais ou pluviais. A construção de muro de contenção ou muro de arrimo deverá prever o escoamento de água (drenagem e canalização) e impermeabilização das paredes para diminuir a pressão exercida pela terra utilizada no aterro do local.

Material adequado: Deve-se escolher bem o material para o aterro, podendo ser usado entulho de obras (material fino, sem presença de pedaços de concreto, madeira, plástico ou lixo em geral) ou terra própria para aterro.

Compactação: O procedimento para a compactação varia de acordo com: tipo de terra utilizada no aterro (composição e umidade); tamanho da área a ser aterrada (condições de acesso e espaço disponível); qual a futura utilização da área e grau de compactação desejado.